QUEM É JESUS CRISTO? DEUS OU FILHO DE DEUS?

Quem é Jesus Cristo? Mesmo após dois milênios de estudos e pregações sobre Jesus, ainda há não poucas pessoas que procuram entender com mais profundidade sobre a natureza do Salvador. Seria Jesus o Filho de Deus, ou o próprio Deus encarnado?

E o que significa dizer que Jesus é o Filho de Deus?

Este é o tema do nosso estudo bíblico de hoje. Vamos procurar responder essas questões centrais da fé Cristã, analisando o texto que está no Evangelho de Lucas, no capítulo 2:1-40, mas especialmente nos versos de Lucas 2:8-18, que relata a anunciação do nascimento de Jesus, pelo anjo do Senhor aos pastores de Belém.

Há palavras muito especiais nestes trechos, que tem o potencial muito forte de nos esclarecer quem é Jesus Cristo.

O ANJO ANUNCIA QUEM É JESUS AOS PASTORES DE BELÉM

O Anjo do Senhor Anuncia o Nascimento de Jesus aos Pastores de Belém.

No texto de Lucas 2:11, o anjo anuncia o nascimento de Jesus, e afirma que Ele é “Cristo, o Senhor“. Lendo essas palavras em Português, não conseguimos ver nada que nos traga uma maior revelação da natureza divina de Jesus, a não ser a Sua missão de Salvador do mundo.

Porém, se fizermos uma análise deste mesmo texto, nas línguas Hebraica e Aramaica (pois estas eram as línguas faladas em Israel na época de Jesus), veremos revelações surgirem diante de nossos olhos.

Vamos então ao texto bíblico em Português, e logo abaixo vou colocar também o mesmo texto em Aramaico e em Hebraico. Não se preocupe em entender o Hebraico ou o Aramaico, pois vou destacar as palavras de interesse do nosso estudo, e farei as explicações necessárias para que possamos entender quem é Jesus, de acordo com a Bíblia.

QUEM É JESUS CRISTO, SEGUNDO LUCAS?

Ora, havia naquela mesma comarca pastores que estavam no campo, e guardavam, durante as vigílias da noite, o seu rebanho.
E eis que o anjo do Senhor veio sobre eles, e a glória do Senhor os cercou de resplendor, e tiveram grande temor.
E o anjo lhes disse: Não temais, porque eis aqui vos trago novas de grande alegria, que será para todo o povo:
Pois, na cidade de Davi, vos nasceu hoje o Salvador, que é Cristo, o Senhor.
Lucas 2:8-11

Lucas 2:11 em Aramaico, Revelação de Quem é Jesus. A Palavra em Cor Vermelha é MARYÁ, o Equivalente ao nome de Deus em Hebraico.

Então, o texto de Lucas 2:11 diz que nasceu aquele que é  o Cristo, o Senhor. E destaquei a palavra “SENHOR” na cor vermelha, para facilitar a sua visualização.

Esta palavra, “SENHOR”, também está destacada na imagem acima, que traz este mesmo verso em Aramaico, na cor vermelha. E “SENHOR”, aqui em Aramaico, é o termo MARYÁ.

Maryá (lê-se Mariá), cuidado para não confundir com Maria que é o nome da mãe de Jesus. Então, este nome MARYÁ é o nome do Eterno Deus em Aramaico. Deus tem um nome próprio e pessoal na Bíblia. Ele é chamado em Hebraico de YHVH, que são as letras Yod, Hey, VAV, Hey, muitas vezes sonorizadas pelo nome Yechová (lê-se Ierrová), que é tradicionalmente traduzido como Jeová.

Já adianto que não sou testemunha de Jeová, rsrsrs…

Mas em Hebraico o nome de Deus é esse, Yechová, ou Jeová em Português. Alguns também chamam de Javé. O equivalente ao nome do Eterno Deus em Aramaico é justamente o termo MARYÁ.

Deus é Chamado de Mariáh, em Aramaico, no Livro do Profeta Jeremias. Destaque em Vermelho, do livro The Aramaic English Interlinear Peshitta Old Testament, Reverendo David Bauscher.

E no texto do Evangelho de Lucas 2:11,o anjo do Senhor traz uma mensagem aos pastores de Belém. Nessa mensagem, o anjo diz que quem nasceu naquele dia, é o Cristo, que é MARYÁ, ou seja, que é o ETERNO.

Em outras palavras, quem nasceu é o Eterno Deus!

Veja, na imagem abaixo, em vermelho, a equivalência desse trecho do Evangelho de Lucas, agora em Hebraico, e note que no lugar do termo Maryá, aparece o nome do Eterno Yechová.

O Nome Aramaico Maryá Equivale ao Nome Jeová, o Nome de Deus na Bíblia.

JESUS É O ETERNO DEUS QUE SE FEZ CARNE

Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus,
Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens;
E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz.
Filipenses 2:6-8

O mais interessante nesses versos que o Apóstolo Paulo escreveu aos Filipenses, são os termos “não teve usurpação“. Da forma como foi traduzido, dá a entender a forma verbal no passado. Parece que Jesus era um ser menor, que não tinha intenção de ser igual a Deus.

Mas esse trecho vem das palavras hebraicas לֹא לְשָׁלָל LO LESHALAL, que significam “não desqualifica”, ou seja, o verbo está no presente. Isso muda a tradução para “Que sendo em forma de Deus, não usurpa / desqualifica ser igual a Deus“.

Se Jesus é a FORMA de Deus, que o ser humano pode se aproximar com segurança (“Não poderás ver a minha face, porquanto homem nenhum verá a minha face, e viverá.” Êxodo 33:20), então Ele não usurpa ser Deus, porque Ele é Deus!

É uma conclusão lógica de Paulo.

E Paulo continua a descrever o milagre, o escândalo da humilhação divina:

Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens;
E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz.
Filipenses 2:7,8

Na verdade, Deus se humilhou de tal maneira que tomou a forma de homem, nascendo de uma mulher, para levar sobre si todas as nossas iniquidades.

E no verso 11 de Filipenses 2, Paulo completa o seu raciocínio revelando por meio da palavra, quem é Jesus:

E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai.
Filipenses 2:11

Aqui novamente encontramos a palavra SENHOR, que destaquei em vermelho. Vamos ver no Hebraico, se a palavra SENHOR é o nome de Deus, Jeová. Veja a imagem com o original abaixo:

E toda língua confesse que Jesus Cristo é Yechová (ou Jeová em Português).

Paulo não tinha dúvida de quem é Jesus! Jesus é o único Deus, que na Sua infinita misericórdia nos amou e se humilhou, tornando-se semelhante a nós, humanos. E como homem Ele pagou o preço da nossa redenção, o preço de sangue, pois verteu o seu sangue por nós no Gólgota.

Quem é Jesus? É Deus!

Sobre o termo “Filho de Deus”, abordaremos com maior propriedade quando examinarmos o encontro magnífico entre Jesus e Natanael, aquele que foi visto debaixo da figueira.

Natanael encontrou com o Filho de Deus, ou seja, com o Rei de Israel. Até o próximo estudo Bíblico!

Natanael respondeu, e disse-lhe: Rabi, tu és o Filho de Deus; tu és o Rei de Israel.
João 1:49

Até o próximo Estudo Bíblico, quando falaremos sobre a visita dos três reis magos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *