Bem-Aventuranças Israel Silva

Bem Aventurados os que Choram | Estudo Bíblico

Bem Aventurados os que Choram | Estudo Bíblico

No Evangelho de מתתיהו “Matityahu”, que é Mateus 5:4, no estudo das dez bem aventuranças, Jesus prossegue com as exclamações e de forma magnífica declara, “Bem aventurados os que choram…”.

Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados;
Mateus 5:4

Quando leio esse versículo, vejo uma palavra de consolo muito forte e muito bonita. Entretanto, sempre me perguntei quem seriam esses, “os que choram”.

Há tanta tristeza no mundo, com suas injustiças praticadas de uns para com outros. Há mortes, guerras, fomes, pobrezas. De quem Jesus estava falando? Quem são eles? E por qual razão estão chorando?

De uma forma geral, a palavra “os que choram”, em Hebraico, é o termo הָאֲבֵלִים “haavelim”. Veja na imgem abaixo o verso 4 de Mateus 5 no original:

bem aventurados os pobres de espírito em hebraico

Ashrey ha avelim ki hem yenuchamu.

A raiz da palavra “haavelim”, “os que choram”, é dada pelas letras אבל, “aval”, que corresponde a uma conjunção adversativa, ou seja, uma palavra que expressa adversidade, e contraste de ideias.

Os que choram, de forma geral, são os que vivem em adversidade. Mas esse significado não responde completamente a pergunta desse estudo bíblico. Podemos sem dúvida chegar a uma conclusão mais específica.

Então vamos continuar a nossa “investigação”, para descobrir por que são bem aventurados os que choram, e quem são eles. Acompanhe abaixo.

Quem são os que choram?

Não podemos esquecer que a exclamação de Jesus, “bem aventurados os que choram”, não está isolada do restante das bem aventuranças. E é uma continuidade da bem aventurança anterior, sobre “os pobres de espírito“.

Isso é o que chamamos de repetição poética, denominada de paralelismo Hebraico. Aqueles que choram são os mesmo que são pobres de espírito. Estão apenas sendo descritos com termos diferentes.

Jesus, como no nosso estudo anterior, continua fazendo referência ao texto do Profeta Isaías, no capítulo 66:10, 13, e Zacarias 12:10. Na verdade, conforme continuarmos o desenvolvimento dos estudos sobre as bem aventuranças, veremos que elas são um comentário de Jesus sobre Isaías 66.

Veja esses versos:

Regozijai-vos com Jerusalém, e alegrai-vos por ela, vós todos os que a amais; enchei-vos por ela de alegria, todos os que por ela pranteastes;
Isaías 66:10

Como alguém a quem consola sua mãe, assim eu vos consolarei; e em Jerusalém vós sereis consolados.
Isaías 66:13

Mas sobre a casa de Davi, e sobre os habitantes de Jerusalém, derramarei o Espírito de graça e de súplicas; e olharão para mim, a quem traspassaram; e prantearão sobre ele, como quem pranteia pelo filho unigênito; e chorarão amargamente por ele, como se chora amargamente pelo primogênito.
Zacarias 12:10

Bem aventurados os que choram

As palavras que lemos nos versos citados acima, trazem a imagem de pessoas que choram e lamentam em um funeral.

Na cultura Judaica da época dos Profetas e de Jesus, o costume de choro e lamento por um ente falecido, fazia com que uma pessoa rasgasse as suas roupas como demonstração de consideração e tristeza.

Muitos usavam “roupas de saco”, e lançavam cinzas sobre suas cabeças. Quando Jesus (Yeshua em Hebraico), morreu na cruz, Deus também rasgou a sua veste – o véu do Templo se partiu de alto a baixo.

O que quero dizer, é que como vimos no início deste estudo, os que choram são de uma forma geral aqueles que vivem uma vida de adversidade e de dificuldade, passando por tremendas injustiças.

Porém há um segundo sentido para essa expressão, que mostra que são aqueles que choram, e que se importam com a morte do Messias na cruz. Esses se emocionam, choram e ao mesmo tempo rendem graças quando leem a história da crucificação.

Quem é o homem que crê em Deus e não se comove com a injustiça que foi imposta a Jesus na cruz. Ele assumiu os erros que não eram Seus. Era a expressão máxima do amor de Deus.

Os que choraram, e os que choram com Ele, muito em breve serão realmente consolados.

Porque eles serão consolados

As palavras “serão consolados”, correspondem ao termo Hebraico, יְנֻחֲמוּ “yenuchamu” (lê-se ienurramu), um verbo cuja raiz é a palavra נחם “nacham” (lê-se narram), “conforto”.

O termo נחם “nacham” está diretamente envolvido na história de um personagem do livro do Gênesis, cujo nome também se origina dessa raiz – נח Noach (lê-se nôar), “Noé”.

A quem chamou Noé, dizendo: Este nos consolará acerca de nossas obras e do trabalho…
Gênesis 5:29

Conforme vimos no verso acima, Noé teve a missão de “consolar”, na sua geração. E sabemos que no meio de uma geração perversa, e violenta, o consolo veio por meio da grande salvação, providenciada através da arca.

A arca de Noé é uma tipologia de Jesus. O mundo antigo foi salvo por meio da arca, e de igual forma, o mundo será salvo por meio do Messias.

Os que se importam, que se comovem, que choram, que confessam e creem no Seu nome, embora possam passar por muitas “tempestades“, adversidades e injustiças neste mundo, um dia serão consolados com a salvação por meio de Jesus.

Essa é uma promessa irrevogável, para todos que aguardam a redenção. Nesse dia serão bem aventurados os que choram. Mas para os que não dão crédito, será um dia de juízo.

Porque é vindo o grande dia da sua ira; e quem poderá subsistir?
Apocalipse 6:17

Sobre o autor | Website

Formado em Hebraico Bíblico, Geografia Bíblica, Novo Testamento, e Estudos do Apocalipse; é Especialista em Estudos da Bíblia, certificado pelo Institute of Biblical Studies da Universidade Hebraica de Jerusalém.

Receba Estudos Bíblicos Diretamente no Seu Email! É Grátis!

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

1 Comentário

  1. Carlos Silveira disse:

    Parabéns, maravilhoso estudo.
    Deus o abençoe.