Parábolas Israel Silva

O Semeador Saiu a Semear | Estudo Bíblico

O Semeador Saiu a Semear | Estudo Bíblico

O semeador saiu a semear. No Evangelho de Mateus 13:1-23, lemos que Jesus saiu de casa, e se colocou às margens do mar da Galileia. O Mestre se assentou, e não demorou muito para que as multidões o encontrassem. Logo havia muitas pessoas reunidas naquele lugar.

A Peshitta, na versão em Hebraico para o Evangelho de Mateus, usa o termo וְהִתְקַהֲלוּ “vehitqahalu”, que vem do verbo “congregar“, (da construção chamada de Hitpael) na voz recíproca – Isso significa que eles se congregaram a Jesus e que Jesus se congregou com eles. Houve ações recíprocas tanto da congregação, quanto do Mestre, formando uma união.

E quando há boa vontade da parte do homem, Deus passa a ensiná-lo como se deve proceder para herdar a vida eterna, a salvação e a reconciliação com o Criador.

Jesus sobe no barco

E ajuntou-se muita gente ao pé dele, de sorte que, entrando num barco, se assentou; e toda a multidão estava em pé na praia.
Mateus 13:2

O texto continua a descrever a reunião que acontecia, e descreve que foi de tal magnitude a congregação, que chegou ao ponto de Jesus subir no barco. A Peshitta usa as palavras Hebraicas עַד כִּי עָלָה “ad ki alah”, “até que Ele subiu”.

O verbo “subir/elevar”, neste verso é o termo Hebraico עָלָה “alah”, a mesma raiz usada para o nome da oferta de elevação, o “sacrifício queimado” ofertado pelos pecados do povo de Israel, chamado de עולה “olah”. A mesma raiz é usada para se expressar o preço das coisas.

Até hoje, os Judeus, ao perguntar quanto custa alguma coisa, dizem ?כַמָה זֶה עוֹלֶה “Câmah zeh olê?”, “Quanto isto custa”?

Em um nível superficial (chamado de פּשט peshat), Jesus entrou em um barco. Porém em um nível mais profundo (רֶמֶז remez), Jesus subiu/elevou-se, para falar verdades espirituais elevadas, pois Ele mesmo pagaria um alto preço, a custo de sangue para voltar a elevar a humanidade caída no Jardim do Éden.

Ordenou Provérbios

E falou-lhe de muitas coisas por parábolas, dizendo: Eis que o semeador saiu a semear.
Mateus 13:3

O próximo verso começa com as palavras, “E falou-lhe”. Em Hebraico os termos usados foram, וְדִבֵּר אֲלֵיהֶם “vedibber alehem”, “e falou/contou/ordenou-os“.  A tradução “falou”, vem do verbo לְדַבֵּר ledaber, que é o verbo contar, desde uma posição de autoridade.

Aquele verbo está em uma construção intensiva (binyan Piel – daguesh forte na segunda letra da raiz). Ainda hoje, muitos Israelenses tem cuidado ao usar essa palavra, pois pode passar a impressão de imposição de ideias, tipo um certo “autoritarismo” ao falar.

Na Torá, era usada com frequência para narrar o início das instruções que o Eterno ordenava a Moisés, com os seguintes termos, וַיִּקְרָא אֶל־מֹשֶׁה וַיְדַבֵּר יְהוָה אֵלָיו מֵאֹהֶל מוֹעֵד לֵאמֹר׃ “vayqrá el Moshê vaydaber Adonai elav meohel moed lemor”, – “e chamou a Moisés, e Adonai disse/mandou desde a tenda do encontro, dizendo”.

mateus 13:3 em hebraico, o semeador

O semeador. “O semeador saiu a semear”.

Enquanto dizia, “o semeador saiu a semear”, Jesus não estava simplesmente contando uma história, como também passava instruções e mandamentos, pois Ele falava com autoridade, usando expressões que caracterizavam uma ordem.

E o que o Mestre ordenava?

O texto em Hebraico revela que Jesus contava/ordenava Provérbios, pois as palavras usadas são הַרְבֵּה בִּמְשָׁלִים “harbê bimishalim”, que significam, “com muitos Provérbios”. O termo בִּמְשָׁלִים “bimishalim”,  tem a mesma raiz do nome de um dos livros do Antigo Testamento, chamado מִשְׁלֵי שְׁלֹמֹה “mishlei Shlomô” – Provérbios de Salomão.

As parábolas de Jesus eram recheadas de provérbios e sabedoria, que nem mesmo o homem que foi considerado mais sábio da terra, Salomão, pôde alcançar.

…Olhai para os lírios do campo, como eles crescem; não trabalham nem fiam;
E eu vos digo que nem mesmo Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles.
Mateus 6:28,29

O semeador saiu a semear

…Eis que o semeador saiu a semear.
Mateus 13:3

O início da parábola do semeador, ao menos para mim, revela um mistério que faz parte do plano da salvação da humanidade. As palavras usadas em Hebraico, trazem um tom que nos lembra do chamado de Abraão, e das promessas que o Eterno fez ao pai da fé.

No original, o termo “semeador” é הַזּוֹרֵעַ “hazorea”, que é da raiz זֶרַע “zêra”, que significa “semente/descendência”:

E disse o Senhor a Abrão, depois que Ló se apartou dele: Levanta agora os teus olhos, e olha desde o lugar onde estás, para o lado do norte, e do sul, e do oriente, e do ocidente;
Gênesis 13:14

Porque toda esta terra que vês, te hei de dar a ti, e à tua descendência, para sempre.
Gênesis 13:15

Começando o nosso comentário a partir de Gênesis 13:15, em Hebraico, as palavras, “à tua descendência [de Abraão]”, é o termo וּלְזַרְעֲךָ “ulezar’acha”, que significa “e para a sua semente/descendência”. O Eterno estava prometendo a terra de Israel a Abraão, porém há palavras nessa promessa que a fazem muito maior e misteriosa.

Ocorre que as direções que o pai da fé recebeu ordem para olhar (lado do norte, sul, oriente, e ocidente), correspondem em Hebraico, às palavras:

  •  צָפֹנָה “tzafonah” – para o norte [de Israel];
  • וָנֶגְבָּה  “vanegbbah” – para o Negueve [deserto ao sul de Israel];
  • וָקֵדְמָה “vaqedmah” – para o oriente [a Babilônia, Assíria, e a Pérsia, onde ainda nos dias atuais há comunidades Judaicas florescendo, desde a época do exílio]; e
  • וָיָמָּה “vayammah” – para o mar, o lado do mediterrâneo [geralmente traduzido como ocidente].

Quando o Eterno mandou que Abraão olhasse para o “ocidente”, estava ordenando no original, a dirigir os seus olhos para o mar. O mar representa as nações da terra. Era a promessa de que em todos os povos, a semente de Abraão estaria presente.

E quem é a semente de Abraão, entre as nações?

São todos aqueles que foram enxertados em Abraão, por meio da fé em Jesus Cristo!

Todos os que são de Cristo, são parte de Israel! São, porque foram comprados com o sangue precioso do Cordeiro de Deus, e por isso fazem parte do povo de Deus, são filhos, descendência/semente do pai da fé.

Tem dúvida? Então leia:

Sabei, pois, que os que são da fé são filhos de Abraão.
Gálatas 3:7

E, se sois de Cristo, então sois descendência de Abraão, e herdeiros conforme a promessa.
Gálatas 3:29

E formamos juntamente com os Judeus, um corpo, chamado de Israel de Deus:

E a todos quantos andarem conforme esta regra, paz e misericórdia sobre eles e sobre o Israel de Deus.
Gálatas 6:16

Fomos enxertados na oliveira, Israel:

E se alguns dos ramos foram quebrados, e tu, sendo zambujeiro, foste enxertado em lugar deles, e feito participante da raiz e da seiva da oliveira Romanos 11:17

“O semeador saiu a semear…” Que lindas palavras ! O Eterno saiu a semear o Seu campo, começando com Abraão, chegando a Jesus, que ordenou aos Apóstolos, e também a nós, a continuarmos a semeadura. O tempo da colheita está próximo!

Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;

Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.
Mateus 28:19,20

Sobre o autor | Website

Formado em Hebraico Bíblico, Geografia Bíblica, Novo Testamento, e Estudos do Apocalipse; é Especialista em Estudos da Bíblia, certificado pelo Institute of Biblical Studies da Universidade Hebraica de Jerusalém.

Receba Estudos Bíblicos Diretamente no Seu Email! É Grátis!

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!