milagres Israel Silva

Jesus Transforma Água em Vinho | O Primeiro Milagre de Jesus | Estudo Bíblico

Jesus Transforma Água em Vinho | O Primeiro Milagre de Jesus | Estudo Bíblico

Foi no episódio das bodas de Caná da Galileia que ocorreu o primeiro milagre, quando Jesus transforma água em vinho. O primeiro milagre de Jesus está registrado no Evangelho de João, no capítulo 2, versículos 1-11.

Havia um casamento na cidade de Caná, e em determinada altura da festa o vinho acabou. Maria vai até Jesus e comunica a situação que ameaçava paralisar a cerimônia de casamento, pois servir vinho fazia parte da cultura Judaica da época.

E, faltando vinho, a mãe de Jesus lhe disse: Não têm vinho.
João 2:3

Essa passagem tem uma conotação simbólica muito forte, pois há muitas alegorias presentes nessa história. No milagre em que Jesus transforma água em vinho temos uma alegoria que se refere ao casamento, simbolizando o arrebatamento e o encontro entre Jesus e a Sua Igreja, a Congregação do Eterno.

Podemos ver também que a alegoria da água simboliza um estado natural do ser humano, como um diamante no seu estado “bruto”, que precisa de polimento e transformação. Há muito potencial no elemento água. Há muitas possibilidades.

A terceira alegoria se faz presente por meio da simbologia do vinho, que é o resultado da transformação da água. O vinho representa o sangue de Jesus; mas pode também representar um estado de “pureza”, alcançado pelo sangue do Cordeiro, e mantido através da obediência a Deus.

É basicamente sobre esses três fatores que gostaria de abordar nesse nosso estudo bíblico sobre o primeiro milagre, cujo tema é “Jesus transforma água em vinho”.

As bodas de Caná retratam acontecimentos de um casamento que se deu em uma cidade que estava localizada na região norte de Israel.

A mensagem implícita que o Apóstolo João quer nos transmitir está intimamente relacionada com o futuro casamento entre o noivo Jesus Cristo e a Sua noiva, a Igreja. Esse é um evento que ocorrerá em dia glorioso, e que os Apóstolos se referiram diversas vezes.

Regozijemo-nos, e alegremo-nos, e demos-lhe glória; porque vindas são as bodas do Cordeiro, e já a sua esposa se aprontou.
Apocalipse 19:7

E disse-me: Escreve: Bem-aventurados aqueles que são chamados à ceia das bodas do Cordeiro
Apocalipse 19:9

O Primeiro Milagre de Jesus

A água que estava armazenada nas talhas de pedra, e que servia para a purificação dos Judeus representa o elemento que está pronto para a possibilidade da transformação.

Aquela água era destinada à purificação física das pessoas (como ocorreu com os dez leprosos?), ou seja, era para limpeza higiênica. A transformação dessa água em vinho mostra uma mudança nessa concepção.

Enquanto que esse elemento “bruto” fala de limpeza física, a transformação em vinho fala de uma purificação espiritual (o batismo nas águas?), que só pode ser feita pelo sangue de Jesus, pois é por ele que o homem alcança a purificação dos pecados.

Contudo um dos soldados lhe furou o lado com uma lança, e logo saiu sangue e água.
João 19:34

Cada ser humano, cada homem e mulher, é como se fossem “água”, isto é, estão em um estado natural. É o que chamamos de “homem natural”,  ou “Adão terreno“. Mas que podem ser transformados em vinho bom, que é “o homem espiritual”, a nova criatura.

Jesus Transforma Água em Vinho

jesus transforma água em vinho nas bodas de caná, o primeiro milagre de jesus

Jesus transforma água em vinho nas bodas de Caná. Foi o primeiro milagre de Jesus.

Na parte em que Jesus transforma água em vinho, vemos o maior milagre de todos os milagres que o nosso Mestre pode ter realizado. Não é atoa que esse foi o primeiro milagre.

Foi o primeiro porque tudo parte da transformação do ser. Jesus muda as bases do caráter humano. Jesus atua na reconstrução dos valores de uma pessoa.

Nele se cumpre um chamado semelhante ao chamado de Abraão.  Você lembra desse chamado? Vamos ler o verso do Gênesis, para entendermos melhor como Jesus transforma água em vinho, como Jesus transforma o homem:

Ora, o SENHOR disse a Abrão: Sai-te da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai, para a terra que eu te mostrarei.
Gênesis 12:1

O chamado de Abraão trata basicamente de três fatores:

  1. A influência da terra – Isto é, a influência que o local, o ambiente em que moramos pode exercer sobre o nosso modo de ver a vida, o mundo e a fé;
  2. A influência da parentela – Isto é, a influência que as circunstâncias do nosso nascimento, a nossa herança genética, a nossa “raça”, a nossa estrutura física, podem ter sobre as nossas decisões; e
  3. A influência dacasa de nosso pai” – Isto é, a influência psicológica que recebemos por meio dos possíveis (maus) ensinamentos ou exemplos de nossos pais.

Quando Jesus transforma água em vinho, Ele está mostrando que tem o poder de transformar todos esses conceitos e preconceitos que podem advir desses fatores que listamos acima.

Não faltam exemplos de pessoas que são violentas porque cresceram em ambientes de extrema pobreza e violência. Há muitos que são alcoólatras pois seguiram o exemplo de seu(s) pai(s) que também consumiam muita bebida alcoólica.

Enfim, poderia citar inúmeros (maus) exemplos aqui.

Mas o que a transforação da água em vinho nos revela que Jesus tem o poder de nos refazer de forma completa. Jesus tem o poder de nos transformar em homens e mulheres de bem, “novos”, que andem guardando o “vinho bom”, andando em novidade de vida, obedecendo os mandamentos do Senhor.

Tu Guardaste o Vinho Bom

Os serventes da festa obedeceram a ordem que receberam e enchem as talhas de pedra até em cima. Após isso, com apenas uma palavra Jesus transforma água em vinho. O Mestre de cerimônias do casamento prova do vinho, e faz uma declaração surpreendente:

E disse-lhe: Todo o homem põe primeiro o vinho bom e, quando já têm bebido bem, então o inferior; mas tu guardaste até agora o bom vinho.
João 2:10

Ocorre que no primeiro milagre de Jesus, a palavra “guardaste” é o termo שָׁמַרְתָּ shamarta, em Hebraico. Esse termo vem do verbo שָׁמַר shamar, que significa “guardar“. Os Samaritanos se autointitulavam de שַמֶרִים Shomerim, “os guardadores (da Torá/Mandamentos)”.

A simbologia da fala do Mestre de cerimônias das bodas de Caná, nos remete para o fato de que a falta do vinho ameaçava paralisar o casamento. O vinho é o sangue de Jesus, e o sangue do Cordeiro de Deus só é dado àqueles que aceitam e obedecem ao Salvador.

Guardar“, no sentido bíblico, é “obedecer“. O novo Testamento é categórico em afirmar que só tem parte com Jesus aqueles que obedecem, isto é, guardam os Seus mandamentos:

Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda esse é o que me ama…
João 14:21

Quem não me ama não guarda as minhas palavras; ora, a palavra que ouvistes não é minha, mas do Pai que me enviou.
João 14:24

Muitas pessoas creram em Jesus, “aceitaram” Jesus, e o receberam em seus corações com bom grado. Mas muitas vezes, o “casamento” com o Senhor fica impedido de continuar por falta de obediência os mandamentos do nosso Mestre.

E essa falta da “guarda do bom vinho”, a falta da obediência faz com que muitos se desviem do caminho, e passem a viver em desacordo com o que preconiza a Palavra de Deus, o verbo que se fez carne.

Por isso é preciso estar em constante vigilância, para que possamos ouvir, como na passagem em que Jesus transforma água em vinho: “Tu guardaste até agora o bom vinho“.

Esse é o vinho que tem que ser guardado até o final da festa. A obediência a Deus deve ser praticada até o fim, até que o Senhor venha para se casar com a Sua noiva, pois somente aqueles que permanecerem fiéis até o fim é que participarão da grande ceia do Senhor.

A perseverança na obediência é uma lição ensinada desde o primeiro milagre de Jesus. Lembrem-se das dez virgens!

E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos esfriará.
Mas aquele que perseverar até ao fim, esse será salvo.
Mateus 24:12,13

Sobre o autor | Website

Formado em Hebraico Bíblico, Geografia Bíblica, Novo Testamento, e Estudos do Apocalipse; é Especialista em Estudos da Bíblia, certificado pelo Institute of Biblical Studies da Universidade Hebraica de Jerusalém.

Receba Estudos Bíblicos Diretamente no Seu Email! É Grátis!

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

3 Comentários

  1. Eliabe Motta disse:

    Maravilha esta continuação deste estudo tem me acrescentado muito.

  2. Eduardo disse:

    Very good!
    Uma verdadeira brahá!
    As pontuações, a interpretação, as co ligações tanto no estudo do Melquesideque e do casamento, são de grande leveza e coerência.
    Me agregou , acrescentou, me enriqueceu muito mais na consciência.
    O Verdadeiro Corpo em Ativação pelo Verdadeiro Espirito atuando ….!
    Shalom

  3. JARDEL DE CASTRO ARAUJO MANHAES disse:

    Excelente,simples e direto, eficiente no ensino.