Gênesis Israel Silva

E A TERRA ERA SEM FORMA E VAZIA | TEORIA DO INTERVALO

E A TERRA ERA SEM FORMA E VAZIA | TEORIA DO INTERVALO

“E a terra era sem forma e vazia”. No estudo anterior, vimos que Deus criou o mundo com apenas sete palavras. E no verso seguinte, no Gênesis 1:2, constatamos algo “estranho”. O segundo versículo da Bíblia começa de forma dramática!

De um criador perfeito, é normal que se esperasse uma perfeita criação. Mas não é assim que a história nos é apresentada. O texto nos informa que a terra “era sem forma“… mas como pode algo não ter forma? Tudo tem forma. Mesmo que seja uma “forma irregular”, mas no final vai ter alguma. E para ser ainda mais enfático, logo em seguida lemos que a terra era vazia… mas o que seria isto?

O verso de Gênesis 1:2 vem intrigando os teólogos por séculos. Por que a terra teria sido criada neste estado, “sem forma e vazia”?

MAS A TERRA?

Um erro muito comum das traduções atuais é não saber diferenciar entre a letra hebraica וְvav” conjunção aditiva, e a וְvav” adversativa. Nos dois primeiros versos do Gênesis, são apresentadas ideias diferentes, que contrastam entre si. Veja, primeiro a terra e o céu são criados por Deus, e depois vem a descrição do estado adverso em que a terra estava.

Por isso, essa “vav” que inicia o verso 2 tem que ser traduzida como a conjunção “mas“, ou “porém“.

“Mas a terra era sem forma e vazia…” Gênesis 1:2

gênesis 1:2 em hebraico, sem forma e vazia, tohu vavohu

וְהָאָרֶץ הָיְתָה תֹהוּ וָבֹהוּ Vehaarets hayeta tohu vavohu”. “mas a terra estava despovoada e vazia”. Gênesis 1:2 em Hebraico.


A TEORIA DO LAPSO

Atualmente há uma corrente de pensamento, que mesmo chegou a se tornar uma teoria, a teoria do lapso. Essa teoria diz que a terra teria sido criada perfeita, com todos os seres vivos, mas que teria se tornado caótica, por causa da queda de lúcifer. Diz também que entre o Gênesis 1:1 e o Gênesis 1:2 teriam se passado milhões, e até bilhões de anos.

Será mesmo?

Os adeptos desse pensamento citam alguns versículos muito circunstanciais, como por exemplo Isaías 45:18. Digo que são circunstanciais por que estão ligados às circunstâncias do momento em que foram proferidos.

Veja o caso do livro do Profeta Isaías; O contexto dos versos anteriores é que Deus está falando que Israel voltaria para a sua “terra“, terminando com o exílio babilônico. E a palavra “terra” em hebraico é um eufemismo para a “terra de Israel“.

Em hebraico, a Bíblia para se referir à Terra Prometida, ora usa o termo ארץ ישראל “terra de Israel“, ora usa apenas o termo ארץterra“,

Porque assim diz o Senhor que tem criado os céus, o Deus que formou a terra, e a fez; ele a confirmou, não a criou vazia, mas a formou para que fosse habitada: Eu sou o Senhor e não há outro.
Isaías 45:18

Assim diz o Senhor, o Santo de Israel, aquele que o formou…Porém Israel é salvo pelo Senhor, com uma eterna salvação…
Isaías 45:11-17

Já no Evangelho de  Lucas, quando Jesus disse, “Eu via Satanás cair do céu“, está utilizando de uma metáfora, pois o contexto é da volta dos seus discípulos, que Ele havia enviado, e eles voltavam surpresos por que até os demônios se sujeitavam a eles:

E voltaram os setenta com alegria, dizendo: Senhor, pelo teu nome, até os demônios se nos sujeitam.
Lucas 10:17

E disse-lhes: Eu via Satanás, como raio, cair do céu [ou seja, eu já sabia o que vocês fizeram].
Lucas 10:18

Eis que vos dou poder para pisar serpentes e escorpiões, e toda a força do inimigo, e nada vos fará dano algum.
Lucas 10:19

A TERRA SE TORNOU OU ESTAVA?

Muito da teoria do lapso se baseia no significado do verbo היהhayah“, que é o verbo ser/estar em hebraico. Ela diz que a terra teria “se tornado sem forma e vazia“. Isso por que o verbo “hayah” pode significar “vir a ser, ou se tornar“.

Acontece que esse verbo pode ter mais de um significado, dependendo da construção verbal (בנין Binyan) em que se encontrar. Veja, esse verbo, nesse versículo do Gênesis 1:2, está na sua forma feminina הָיְתָהhayetah“, para se referir a um sujeito feminino → a terra. Só por curiosidade, o masculino seria היהhayah“.

Outro fator importantíssimo para o entendimento desse texto, é que o verbo “hayah” está aqui em uma construção (binyan) chamado de “Qal / Pa’al” → que é a construção simples → de Voz Ativa. Veja a ilustração abaixo:

os binyanim paal, qal, hifil, hufal, hitpael, nifal, piel, pual

Os verbos podem ter a Voz Ativa, Voz Passiva e Voz Reflexiva em Hebraico.


Vamos fazer uma pequena revisão dessas vozes verbais para que você entenda o por quê  não se pode traduzir “hayetá” como “tornou-se“, ou “veio a ser“, nem mesmo qualquer outro tipo de voz passiva/reflexiva.

as vozes ativa, passiva e reflexiva dos verbos

Então se traduzíssemos o Gênesis 1:2 como “E a terra tornou-se/veio a ser sem forma e vazia“, estaríamos assumindo erroneamente que o verbo “hayetá” estivesse em uma voz verbal passiva/reflexiva, que não é verdade!

Conforme mostramos na tabela das vozes verbais acima, para que o verbo “hayetá” estivesse na voz passiva/reflexiva, teria que ser acrescentada a letra נnun” no início do verbo.

Teríamos também que mudar o padrão das vogais para colocá-lo no padrão verbal do Nifal → que é a forma passiva/reflexiva para os verbos do Qal/Pa’al.

Isso faria com que palavra mudasse para נִהְיְתָהnihyeta“, “se tornar/vir a ser“, na voz passiva/reflexiva. Mas não é isso que está escrito no original hebraico. No original está o verbo הָיְתָהhayeta“, “era/estava” → Voz Ativa.

Por isso, a melhor tradução para esta parte seria:

Mas a terra era/estava…

MAS A TERRA ESTAVA VAZIA

E será que a terra estava sem forma mesmo? Pra entender essa parte, vamos dar uma olhada no significado das palavras תֹהוּtohu” e וָבֹהוּvavohu“, que são classicamente traduzidas como “sem forma e vazia”. Vamos consultar um dicionário.

capa do dicionário bíblico, hebraico, aramaico, strong

significado de vavohu

tohu significa vazio

Como você pode ter visto, tanto “tohu“, quanto “vavohu” significam “vazio“. Quando usadas em conjunto, e de forma repetida, elas formam um estilo literário do hebraico bíblico, chamado de Paralelismo. No Paralelismo, palavras como o mesmo significado são repetidas para se reforçar o sentido do que se quer falar.

Equivale no Português, se nós disséssemos de uma reunião na Igreja, onde estiveram presentes pouquíssimas pessoas:

O culto ontem estava vazio, vazio…

Isso no Português se chama Anáfora , que “é a figura da repetição. Ocorre quando uma mesma palavra ou várias, são repetidas sucessivamente, no começo de orações, períodos, ou em versos. A repetição tem o objetivo de dar ênfase e tornar mais expressiva a mensagem. É considerada figura de construção e sintaxe, assim como a Elipse, o Pleonasmo e o Hipérbato”.

Não acredita?

Veja como a palavra תֹהוּtohu” é traduzida em outro texto bíblico, quando vem após um termo que dê a ideia de vazio:

Achou-o numa terra deserta, e num ermo solitário…
Deuteronômio 32:10

deuteronômio 32:10, tohu, vazio

Tohu é uma palavra usada no Paralelismo Hebraico, e significa Vazio.


E como mais uma prova de que o termo “tohu” deve ser entendido no Bereshit,  Gênesis 1:2 como “vazio/lugar ermo/despovoado“, podemos citar o Targum Onkelos, que é a tradução do Antigo Testamento para o Aramaico.

Na época de Jesus, a maioria do povo não falava mais o Hebraico no dia a dia. Era a época do Segundo Templo, e os Judeus tinham retornado da Babilônia, que tinha o Aramaico como língua. A Bíblia Hebraica foi então traduzida para o Aramaico, para que o povo pudesse ler.

E eles traduziram da forma como entendiam o texto. Vamos ver então o verso em questão:

gênesis 1:2 em aramaico

Gênesis 1:2 em Aramaico: “Mas a terra era desabitada e vazia.” וְאַרְעָא הֲוַת צָדְיָא וְרֵיקַנְיָא


Veja como uma tradução incorreta deu combustível para a criação de uma teoria sem nenhuma base bíblica como a teoria do lapso ou teoria do intervalo.

Como eu disse no estudo cujo título é “Deus criou o mal“, conhecer o Hebraico ajuda muito nos estudos bíblicos. Estude o Hebraico conosco!

E POR QUE VAZIA?

Mesmo com toda essa explicação, é intrigante o motivo de Deus ter criado a terra vazia, ainda mais com a ênfase dada por meio da repetição de palavras. Esse vazio é realmente marcante nesse verso. Por quê o escritor do Gênesis deu tal importância a essa descrição?

Bom, se tudo, o universo, o tempo, a matéria, o espaço, teve um início, então a conclusão lógica é que houve um “tempo”, se é que podemos dizer isso, em que só havia Deus.

Não havia então espaço para mais nada, pois só havia o Deus soberano, completamente infinito, que ocupava todo o “espaço existente”, tudo era “cheio” Dele, pois somente Ele era (existia).

E se Deus era tudo, como poderia alguma coisa além Dele existir? Não havia “naquele tempo”, espaço para mais nada! Por isso que já na Época dos Apóstolos circulava entre os Judeus um ensino chamado de tzimtzum, a ideia de que Deus teve que se “autolimitar”.

Em algum nível, Ele teve que se “contrair”, para que houvesse espaço para o mundo físico existir. Ele teve que criar um “vazio”, dando permissão para que o tempo, o espaço, a matéria, o céu e a terra pudessem existir.

E quando o autor do Gênesis recebeu a revelação da Criação do mundo, teve essa percepção do vazio deixado por Deus para que a terra viesse a se tornar real. A partir dali, o Eterno passaria a se relacionar com o mundo físico por meio de suas revelações ou manifestações, principalmente por meio da Sua Palavra → Davar, Memra ou Logos.

Mas isso é tema dos próximos estudos.

Venha estudar o Hebraico Bíblico conosco!

Sobre o autor | Website

Formado em Hebraico Bíblico, Geografia Bíblica, Novo Testamento, e Estudos do Apocalipse; é Especialista em Estudos da Bíblia, certificado pelo Institute of Biblical Studies da Universidade Hebraica de Jerusalém.

Receba Estudos Bíblicos Diretamente no Seu Email! É Grátis!

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

9 Comentários

  1. marcos goes disse:

    quero agradecer pelos estudos tem edificado muito a minha vida! e as ministraçoes tem ficado mais rica Gloria a Deus.

  2. Higo Bruno disse:

    + uma vez parabéns, muito enriquecedor esse estudo!

  3. Higo Bruno disse:

    Olá, Israel, eu gostaria de saber se teria possível ter um estudo sobre anjos, se temos anjos protetores e uma outra dúvida que tenho com relação a parte que Pedro quando consegue sair da prisão com a ajuda do anjo, quando ele bate na porta os que estavam dentro falam que é o anjo!? Grande abraço

  4. Dirce Santos disse:

    Sou muito grata a Deus por me dar a oportunidade de conhcê-lo melhor e usando vc como instrumento. Os meus olhos espirituais estão se abrindo. Ao ler as escrituras tenho entendimento.

  5. Eliabe Motta disse:

    Paz Israel Silva, tenho sido enriquecido com os seus estudos no original hebraico,que o Eterno continue te abençoando nesta causa,os estudos do Gn1:2 terão continuidade?

  6. Moacir filho leão disse:

    Shalon estou muito agradecido com as informações desta postagem , muito enriquecedor sou professor de teologia fiz o básico do idioma hebraico e o que aprendi vejo que está de conformidade com sua explicação de Genesis 1,1e 2 .
    Por favor me envie mais estudo no mento não posso pagar um curso no mais o eterno te abençoe.

  7. jose helcio disse:

    Muito interessante !

  8. Aionam Barreto disse:

    Está sendo muito bom esses estudos, estava orando pedindo a Deus pois no momento não tenho como pagar um curso.
    Me informe se preciso cada vez que você enviar uma mensagem se eu preciso mandar de novo o i-mail.
    Que Deus recompense por dividir os seus conhecimentos.