Gênesis Israel Silva

O QUE SIGNIFICA SER SUBMISSA? – A MULHER É A AUXILIAR DO HOMEM?

O QUE SIGNIFICA SER SUBMISSA? – A MULHER É A AUXILIAR DO HOMEM?

O que significa ser submissa? A mulher foi criada para ser a auxiliar do homem? O que a história da criação da mulher pode nos ensinar sobre a famosa “submissão” da esposa no casamento? Este estudo bíblico é uma continuação do anterior, onde vimos detalhes sobre a criação do homem.

Deus plantou um Jardim no Éden, fez brotar todo tipo de árvore (inclusive a árvore da vida e a árvore do conhecimento do bem e do mal), e colocou o homem no jardim.

Adão está no paraíso. Tudo é perfeito. Há paz, há tranquilidade. Não há fome, não há guerra, não há enfermidades. O Gênesis declara que a cada passo da criação, Deus reconhece a natureza do que havia feito, como bom, “…e viu Deus que era bom…”.

É um mundo perfeito, exceto em uma coisa; o homem está só. Ainda falta algo, para que a criação esteja no seu esplendor. Pela primeira vez, desde que a obra criadora começou, o Eterno reconhece que algo não era bom:

E disse o Senhor Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma ajudadora idônea para ele. Gênesis 2:18

Há muitas perguntas do por quê Deus não teria feito Eva desde o princípio, como foi com Adão. Alguns ainda questionam o fato do Eterno só ter se dado conta que o homem estava solitário, apenas naquela altura dos acontecimentos.

Como pode ser assim, se Ele é sabedor do final das coisas, antes mesmo de as ter iniciado?

NÃO É BOM QUE O HOMEM ESTEJA SÓ

O fato é que se examinarmos o texto com mais cuidado, vamos ver que não era Deus que precisava notar que o homem estava só. O fato é que o Adão é quem necessitava se dar conta da sua solidão.

O homem precisava “sentir na pele” o quanto é ruim viver sem companhia. Adão tinha que vivenciar a solidão, para saber que a vida a dois, por mais que possa trazer alguns conflitos, é muito melhor do que a solidão de um lar vazio.

Não é bom que o homem esteja só“, a fala de Deus mostra que o Eterno já sabia disso, o homem porém, ainda não. É por isso que a mulher não é criada imediatamente após a fala divina. Repare que há uma pausa no fluxo da história.

Apesar de que se esperasse que imediatamente Deus procedesse com a criação de Eva, outro ato da história da criação é que entra em cena. O Eterno traz os animais para diante do homem, para saber como os chamaria:

E Adão pôs os nomes a todo o gado, e às aves dos céus, e a todo o animal do campo; mas para o homem não se achava ajudadora idônea.
Gênesis 2:20

UMA AJUDADORA IDÔNEA

Para que Adão desse nome aos animais, teria que compreender a natureza de cada um deles. E foi com essa atividade, com o estudo da natureza dos animais que o homem se deu conta de que não havia nenhuma criatura que estivesse “em pé de igualdade” com ele.

Ou seja, em seu tipo, em sua natureza, em sua forma, em sua existência, em sua qualidade física e espiritual altamente elevadas, não havia nenhum outro ser como Adão, humano, em que dois mundos se encontravam nele; o mundo espiritual e o mundo material.

Ele tinha um corpo físico, mas também recebeu um espírito soprado pela boca do próprio Deus.

E mais de uma vez o texto fala que para o homem não havia uma “ajudadora idônea”. Mas o que idoneidade, capacidade, aptidão ou competência tem a ver com a solidão de Adão?

AJUDADORA EM OPOSIÇÃO

Para responder a pergunta que deixamos acima, precisamos ver o texto do Gênesis 2:18 em Hebraico. Vamos ver que “ajudadora idônea” não significa ser submissa.

gênesis 2:18 em hebraico, ajudadora idônea, não é bom que o homem esteja só

Ajudadora Idônea é עֵזֶר כְּנֶגְדּוֹ “Ezer Kenegdo”, “Uma Ajuda em Oposição” – não significa ser submissa.


As palavras “ajudadora idônea”, em Hebraico, correspondem aos termos עֵזֶר כְּנֶגְדּוֹezer kenegdo“, “uma ajuda em oposição a ele“.

E entenda-se “oposição”, aqui, como algo que pode estar em frente de alguém. No Português bem popular “que possa encarar alguém”, “estar face a face”, “oposição” no sentido de estar em pé de igualdade.

A mulher foi criada como o único ser vivo em posição de igualdade, tanto fisicamente quanto psicologicamente, com o homem. No princípio, antes do pecado, eles se equivaliam em força e sabedoria. Eram iguais, não havia subordinação, nem submissão.

Mas…não foi a mulher feita como uma “ajuda” para o homem? Então não teria ela que ser a “auxiliar” do homem? Ocorre que a palavra עֵזֶרezer“, não significa “auxiliar”, ou “ajudar”, no sentido de submissão. “Ezer” é uma ajuda no sentido de “salvação“.

…???

Veja estes textos:

A nossa alma espera no Senhor; ele é o nosso auxílio [ עֶזְרֵנוּ ezerenu, nosso ajudador/salvador] e o nosso escudo.
Salmos 33:20

Eu, porém, estou aflito e necessitado; apressa-te por mim, ó Deus. Tu és o meu auxílio [עֶזְרִי ezery, meu ajudador/salvador] e o meu libertador; Senhor, não te detenhas.
Salmos 70:5

Em ambos os Salmos, 33:20 e 70:5, o substantivo עֵזֶר “ezer“, é aplicado em termos salvíficos, fazendo pares com palavras como “escudo” (uma ferramenta de proteção) e “libertador”. Esses pares são um estilo literário do Hebraico Bíblico, chamado de Paralelismo.

Veja que “ezer” não significa “ajuda” no sentido de subordinação, mas aparece reforçando o sentido de proteção ou salvação. E esse é o papel que Deus reservou para a mulher. Ela não foi criada para ser submissa do homem. Ao menos não nos planos originais do Criador.

SUBMISSA OU SALVADORA?

A mulher é a ajuda salvadora para o homem, porque Deus já sabia que Adão desobedeceria. A criação da mulher alterou a forma como se deu a desobediência, mas de uma forma ou de outra Adão iria desobedecer. Ele seria enganado pela serpente.

É por isso que o “cordeiro foi imolado antes da fundação do mundo”. Tem dúvida?

Veja que a decisão de criar a mulher veio no Gênesis 2:18, depois que o Eterno deu ao homem o mandamento para não comer do fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal, no verso anterior, o Gênesis 2:17.

Mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dela não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás.
Gênesis 2:17

Por isso, pela onisciência divina, que já previa a queda do homem, Deus criou a mulher como uma “ajuda salvadora”.

A redenção, e a remissão do pecado, deveria ser feita pelo Redentor, o Messias, o Cristo, que teria que vir como um ser humano também. Teria que ser um homem sem pecado, inocente, que pudesse assumir os erros, que levasse sobre si os pecados de Adão, para poder justificá-lo pelo Seu sangue.

Como isso seria possível se Adão, sendo homem, não poderia ter filhos? O Cristo nasceria de quem? Era imprescindível haver um ser que pudesse gerar filhos.

Por isso, na Sua infinita misericórdia, Deus providenciou uma “ajuda salvadora” para o homem, ao criar Eva, a primeira mulher. Da semente dela nasceria o Salvador (claro que não de forma imediata, mas a profecia se cumpriu em Maria, no Novo Testamento).

A CRIAÇÃO DA MULHER

Agora que vimos que um dos motivos da criação da mulher foi a salvação da humanidade, vamos fazer uma análise das palavras envolvidas na forma da criação de Eva.

E da costela que o Senhor Deus tomou do homem, formou uma mulher, e trouxe-a a Adão.
Gênesis 2:22

gênesis 2:22 em hebraico, a criação da mulher

O termo וַיִּבֶן “vayyiven”, “e construiu”, na criação da mulher. A costela de Adão é a palavra צֵּלָע “tselah”.


Temos outra palavra muito interessante de se estudar, quando examinamos a criação da mulher. Aqui, o termo usado para o verbo “formou [uma mulher]”, é o verbo בָּנָהbanah“, conjugado no modo VAYIQTOL, na terceira pessoa do singular,  וַיִּבֶןvayyiven“, “ele formou”.

O verbo “banah” significa “construir, edificar [uma casa, um templo, um altar]”. É uma palavra usada na arquitetura, e na engenharia.

  • Para criar a mulher, Deus poderia ter usado o verbo ברא “bará“, “criar a partir do nada”, ou o verbo עָשָׂה  “asah“, “fazer”, com significado mais amplo.
  • Ou poderia também usar o verbo  יָצַר “Yatsar“, “formar”, “moldar como um oleiro, um fazedor de vasos de barro”. Mas o Eterno usa o verbo “construir, edificar“, para fazer a mulher…por quê?

DA COSTELA DE ADÃO

O texto diz que Deus tomou uma das costelas de Adão, para criar a mulher. O termo usado para “costela” é o substantivo צֵּלָע “tselah”, “lado/coluna de madeira”. Na contrução do Templo de Salomão, a Bíblia usa essa mesma palavra.

Edificou mais vinte côvados de tábuas [בְּצַלְע֣וֹת betsalôt] de cedro nos lados da casa,
1 Reis 6:16

A segunda vez que o verbo “banah“, “construir”, aparece, depois de ser usado para a criação da mulher, é na construção de um altar, por Noé:

E edificou [וַיִּבֶן vayyiven] Noé um altar ao Senhor; e tomou de todo o animal limpo e de toda a ave limpa, e ofereceu holocausto sobre o altar
Gênesis 8:20

Com esses exemplos, vemos que Deus ao criar a mulher, usando um verbo que tinha um significado arquitetônico, de edificação; e usando também uma parte do corpo de Adão, em que um dos seus significados é “coluna”, ligado a construção, queria que a narrativa não ficasse apenas no sentido literal (peshat).

O Eterno, em um nível, criava a mulher, mas em outro nível (sod) estava introduzindo a noção de uma Igreja invisível, tipificada em Eva.

Como a Igreja do Senhor é uma construção santa, onde o Templo de Deus é feito de várias pedras, como um altar era feito. Estes verbos, estas palavras juntas, prefiguram em Eva a edificação da Igreja.

Eva era símbolo da esperança da salvação, e a sua criação/construção/edificação como um templo, ou um altar, simboliza o que mais tarde no livro do Apocalipse é conhecido como a figura da mulher que o dragão persegue – a Igreja do Senhor.

Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela;
Mateus 16:18

Venha estudar o Hebraico conosco!

Sobre o autor | Website

Formado em Hebraico Bíblico, Geografia Bíblica, Novo Testamento, e Estudos do Apocalipse; é Especialista em Estudos da Bíblia, certificado pelo Institute of Biblical Studies da Universidade Hebraica de Jerusalém.

Receba Estudos Bíblicos Diretamente no Seu Email! É Grátis!

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

15 Comentários

  1. Ivone disse:

    Muito edificante esse estudo. Deus continue te usando

  2. Josué Lima disse:

    Excelente! Muito consistente!

  3. Sérgio Alexandre Rosa disse:

    Boa noite, quero parabenizá-lo pelo excelente trabalho, Deus seja louvado por seu empenho e sabedoria.
    eu gostaria de saber se você tem estudo sobre o Pastorado Feminino e Dízimos para os tempos de hoje, estas tem sido questões muito abordadas nos estudos bíblico e também com os novos convertidos.

    • Israel Silva disse:

      Shalom! Ainda vamos publicar estudos sobre a liderança feminina, que vejo com excelentes olhos! Também abordaremos o dízimo. Vamos passo a passo comentando a vida é a obra de Jesus Cristo.

  4. raimundo disse:

    shalon meu querido voce poderia mi explicar como o cordeiro foi imolado antes da fundação do mundo se não tinha gente para sacrificar o cordeiro

    um abraço

  5. Ric Dequech disse:

    Conheci o site a pouco tempo 1 semana e estou gostando bastante dos estudos. Sou Pastor Ric Dequech. Obrigado. O que vc pode falar sobre Apocalipse 22;2? “suas folhas servem para cura das nasções” Deus continue te abençoando.

  6. Maria de Fátima Almeida disse:

    Tem sido uma bênção na minha vida.Deus vos abençoe.

  7. Aionam Barreto disse:

    Muito bom, Deus continue te abençoando.

  8. Fernanda disse:

    E muito interessante a maneira q é colocado as palavras.

  9. Valdinei Fernandes disse:

    Excelente…estou também sendo construído no meu conhecimento..Shalom

  10. Humberto Campos Junior disse:

    Parabéns, achei muito interessante e edificante seu comentário Bíblico.

  11. isaque disse:

    amei o estudo cada fico contente em conhecer jesus.

  12. Jean Miranda disse:

    Meu irmão muito obrigado, me foi muito edificante este estudo, que o Senhor continue a lhe abençoar com sabedoria e conhecimento .

  13. Francine rosa beltrao disse:

    Paz do Senhor,estudo maravilhoso !!! Que Deus continui te enchendo de conhecimento.