Gênesis Israel Silva

ESTÁTUA DE SAL – A MULHER DE LÓ EM SODOMA E GOMORRA – ESTUDO BÍBLICO

ESTÁTUA DE SAL – A MULHER DE LÓ EM SODOMA E GOMORRA – ESTUDO BÍBLICO

A mulher de Ló se tornou uma estátua de sal. Somente Ló e suas filhas conseguem escapar de Sodoma e Gomorra. Mas como foi que isto veio a acontecer? Você conhece a história de Ló? Neste estudo bíblico, nós vamos reconstruir toda a caminhada de Ló e de Abraão e entender como o sobrinho do pai da fé acabou morando em um dos locais mais pecaminosos do mundo antigo.

Logo após Abraão e Ló terem voltado do Egito, eles tiveram que se separar pois possuíam muitos animais e pastores, de forma que não era possível que habitassem muito próximos um do outro. Ló era sobrinho de Abraão, filho de Harã, e neto de Terá.

LÓ ESCOLHE SODOMA

Como resultado, Ló escolhe ir para o lado de Sodoma e Gomorra.

E levantou Ló os seus olhos, e viu toda a campina do Jordão, que era toda bem regada, antes do Senhor ter destruído Sodoma e Gomorra, e era como o jardim do Senhor, como a terra do Egito, quando se entra em Zoar.
Gênesis 13:10

É interessante notar a descrição da forma com que Ló usa para escolher o lugar para onde iria. O texto do Gênesis diz que “Ló levantou os seus olhos e viu“. Ele estava sendo guiado “pelos olhos“, ou seja pela aparência, e não pela fé.

De certa forma, a Bíblia nos adverte a não confiarmos totalmente na aparência das coisas ou das pessoas, por que há caminhos que parecem bons aos olhos do homem, mas o seu final é de decepção. Veja o caso de Eva no Jardim do Éden, ela também se deixou levar pela aparência.

E viu a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos
Gênesis 3:6

O Eterno também advertiu ao Profeta Samuel para não se deixar impressionar pela aparência:

Porém o Senhor disse a Samuel: Não atentes para a sua aparência, nem para a grandeza da sua estatura… porque o Senhor não vê como vê o homem, pois o homem vê o que está diante dos olhos, porém o Senhor olha para o coração.
1 Samuel 16:7

Mas Ló se deixou levar pela aparência do local onde estavam as duas cidades pecadoras, ainda que o texto já avisava sobre o comportamento dos moradores daquela região. Ou seja, Ló tinha conhecimento do fato.

Ora, eram maus os homens de Sodoma, e grandes pecadores contra o Senhor.
Gênesis 13:13

os homens de sodoma e gomorra cercam a casa de ló

Ló a sua mulher e suas filhas, juntamente com dois Anjos, são cercados pelos homens de Sodoma e Gomorra.


LÓ ARMA SUAS TENDAS ATÉ SODOMA

Habitou Abrão na terra de Canaã e Ló habitou nas cidades da campina, e armou as suas tendas até Sodoma.
Gênesis 13:12

Ló com sua mulher e suas filhas, vão habitar nas cidades da campina, e armam as suas tendas até Sodoma. O que me chama a atenção nesse verso, é o uso da palavra “até”, que no original em Hebraico, é o termo עַדad“, uma preposição um tanto “duvidosa”.

A preposição עַדad“, é ambígua. Ela não expressa certeza. Não se sabe se Ló armou as suas tendas “até” Sodoma, e parou fora da cidade, ou se esse “até“, significa que ele entrou na cidade. E essa ambiguidade do texto parece ser proposital.

Ló é sobrinho de Abraão. Ele presenciou, testemunhou a história do chamado de Abraão, e as promessas, e as bençãos que Deus tinha prometido. Os dois desceram ao Egito, e de lá, milagrosamente, voltaram ricos! As promessas estavam se cumprindo.

Mas agora Ló parece estar em dúvida, parece ambíguo, assim como a preposição “até”. Ele está até Sodoma e Gomorra, mas fora delas ou dentro delas? (Um pé na igreja, e um pé no mundo? heheheh…)

E por que habitar tão próximo de um povo tão pecador? Eles não seguiam as leis de Noé, não seguiam os padrões mínimos de justiça diante do Eterno, eram homens רָעִיםraim“, “malvados“, e חַטָּאִיםhattaim“, “pecadores“.

Vale ainda destacar que o original Hebraico usa a palavra  מְאֹד “meod”, que intensifica a qualificação dada aos habitantes de Sodoma e Gomorra. “Meod” implica dizer que eles aplicavam todo o ser, tudo o que eram. Então podemos dizer que eles eram grandes pecadores e pecavam com tudo o que eram e que possuíam.

AS ABOMINAÇÕES DE SODOMA E GOMORRA

Veja a descrição dos pecados de Sodoma e Gomorra, e das cidades da campina, feita pelo Profeta Ezequiel:

Eis que esta foi a iniqüidade de Sodoma, tua irmã: Soberba, fartura de pão, e abundância de ociosidade teve ela e suas filhas; mas nunca fortaleceu a mão do pobre e do necessitado.

E se ensoberbeceram, e fizeram abominações diante de mim; portanto, vendo eu isto as tirei dali.
Ezequiel 16:49,50

Os Sodomitas praticavam abominações, e há na Bíblia a descrição de diversos tipos de abominações, que em resumo podemos destacar:

  • Abominações sexuais – homem se deitando com homem, ou mulher com mulher, bem como relacionamentos entre parentes próximos, o incesto e a pedofilia, e também o sexo com animais, e/ou em rituais idólatras;
  • Abominações idólatras – em rituais satânicos, banquetes em cultos de adoração a ídolos e divindades pagãs, com sacrifício de animais à elas, inclusive com sacrifícios humanos e de de crianças;
  • Violência – praticada contra órfãos, viúvas e estrangeiros. A exploração do trabalho, do pobre e do necessitado, e o crime de assassinato, o homicídio indiscriminado.

Esse quadro acima é apenas um resumo das abominações bíblicas, e que os habitantes de Sodoma praticavam diariamente.

Será que Ló acreditava que estava imune a essas coisas? Será que ele pensava que estar em um lugar em que esses tipos de pecados eram praticados, não afetariam sua mulher (a que se transformou em uma estátua de sal) e suas filhas (que tiveram relações incestuosas com seu pai)?

LÓ EM SODOMA E GOMORRA

E depois que o texto demonstra a ambiguidade de Ló, armando as suas tendas “até” (dentro ou fora?) Sodoma, ocorre a guerra de quatro reis, contra cinco reis, onde os bens e os moradores de Sodoma são capturados e levados como prisioneiros.

E é impressionante a mudança do status de Ló em relação à Sodoma. Se nos versos anteriores ele é descrito como habitando em tendas “até” Sodoma, agora o texto é claro em dizer que Ló já passava a habitar dentro da cidade.

Também tomaram a Ló, que habitava em Sodoma, filho do irmão de Abrão, e os seus bens, e foram-se.
Gênesis 14:12

No desenrolar da história, Abraão, um homem com grande senso de responsabilidade, não se omite e vai a uma guerra, com seus 318 criados e resgata o seu sobrinho/irmão.

Depois disso, há o encontro com Melquisedeque no vale de Savé, e a narrativa do Gênesis muda o foco, e “esquece” um pouco de Ló, de sua mulher e de suas filhas. Agora o foco volta para Abraão e Sara, e vai contar a história de Agar, Ismael.

ABRAÃO INTERCEDE POR SODOMA E GOMORRA

O tempo passa, Ismael já tem mais de 13 anos, ou seja, mais de uma década depois a história volta para Ló, e Abraão é visitado por três anjos, e pelo Eterno, e dois anjos se dirigem para Sodoma. Abraão, que conhecia o histórico dos pecados de Sodoma e Gomorra, passa a interceder pela cidade:

E chegou-se Abraão, dizendo: Destruirás também o justo com o ímpio?
Se porventura houver cinqüenta justos na cidade, destruirás também, e não pouparás o lugar por causa dos cinqüenta justos que estão dentro dela?…

Disse mais: Ora, não se ire o Senhor, que ainda só mais esta vez falo: Se porventura se acharem ali dez? E disse: Não a destruirei por amor dos dez.
Gênesis 18:23-32

Ló teve todo o tempo necessário para procurar outro local para habitar, e quem sabe se reconciliar como seu tio que o salvou. Mas surpreendentemente, quando a narrativa volta a falar de Ló, quando os dois anjos chegam a Sodoma, encontram Ló assentado à porta da cidade.

E vieram os dois anjos a Sodoma à tarde, e estava Ló assentado à porta de Sodoma
Gênesis 19:1

Ocorre que só os Oficiais, membros do governo, ou os conselheiros se assentavam à porta das cidades, naquela época. Então Ló, que no início da história, armou as suas tendas “até” Sodoma, e depois foi encontrado habitando em Sodoma, agora passa a ser um dos “governantes” de Sodoma. Que triste evolução!

A MULHER DE LÓ VIRA UMA ESTÁTUA DE SAL

a rocha conhecida como a estátua de sal da mulher de ló

A Estátua de Sal é uma rocha com forma característica, conhecida como a mulher de Ló.


O Gênesis foi sábio em introduzir a história de Ló e de sua mulher com uma palavra ambígua, duvidosa. Não estou dizendo que Ló era um pecador como os demais que estavam naquelas cidades. De fato ele não era. Mas ele acreditou que poderia lidar com a situação.

Ló achou que o ambiente pecaminoso não o afetaria, pois ela era um justo, “criado” com o pai da fé, conhecedor de Deus. Pois bem, Ló mesmo não passou a pecar fazendo abominações. O restante da história nós conhecemos.

Os anjos vem a casa de Ló e a casa é cercada por todos os homens da cidade. Eles queriam abusar sexualmente dos hóspedes do sobrinho de Abraão, e são feridos com cegueira. Os anjos apressam Ló, sua mulher e suas filhas para saírem da cidade.

E eles são instruídos a não olhar para trás, isto é, para não sentirem nenhum tipo de ligação ou de sentimento de pertencimento àquele lugar, um antro de abominações contra o Senhor. Mas “a carne é fraca”, e o pecado cria raízes no coração humano.

E aconteceu que, tirando-os fora, disse: Escapa-te por tua vida; não olhes para trás de ti, e não pares em toda esta campina
Gênesis 19:17

O primeiro sintoma de como o ambiente pecaminoso afeta os seres humanos, se manifesta na mulher de Ló. A expressão “não olhes para trás de ti“, é um termo idiomático que quer dizer “não voltes para a cidade”.

E a mulher de Ló olhou para trás e ficou convertida numa estátua de sal.
Gênesis 19:26

A mulher de Ló “olhou para trás” ou seja, ela retornou para a cidade de Sodoma e foi se tornou uma estátua de Sal. Uma estátua de sal, para que toda aquela região fosse salgada e queimada com fogo e sal, para que nada mais crescesse na região.

Um técnica antiga dos Romanos, em suas guerras, quando queriam que nada mais crescesse em um determinado lugar que eles destruíam, era salgar a terra e depois atear fogo.

E foi assim que o Eterno fez com a mulher de Ló, usou fogo e sal, com uma estátua de sal, para que as raízes daquelas abominações pecaminosas fossem salgadas e queimadas, para que nunca mais crescessem no coração humano.

Veja que até hoje, a região de Sodoma e Gomorra, na região do Mar Morto, é salgado e deserto.

As filhas de Ló porém se salvaram do fogo juntamente com ele, mas o ambiente pecaminoso em que cresceram, também as tinha afetado. Elas já tinham perdido o censo moral e embebedando a seu pai, tiveram relações incestuosas, abomináveis com ele.

Vem, demos de beber vinho a nosso pai, e deitemo-nos com ele, para que em vida conservemos a descendência de nosso pai.
Gênesis 19:32

E dessas relações nasceram os Moabitas e os Amonitas, povos que foram inimigos de Deus e de Israel. Isso é para que se prove que ninguém pode brincar com o pecado. Nem mesmo acampar “até” o pecado, nem ficar próximo a ele.

Não há ninguém que acampe “até” Sodoma e fique sem ser afetado por ela. Ou você será afetado, ou a sua família será. Cuidado para não se tornar em uma estátua de sal. Afaste-se de Sodoma!

Sobre o autor | Website

Formado em Hebraico Bíblico, Geografia Bíblica, Novo Testamento, e Estudos do Apocalipse; é Especialista em Estudos da Bíblia, certificado pelo Institute of Biblical Studies da Universidade Hebraica de Jerusalém.

Receba Estudos Bíblicos Diretamente no Seu Email! É Grátis!

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

2 Comentários

  1. Samuel Santos disse:

    Deus te abençoe e continue de dando forças para você ministrar este estudo e outros que são bençãos de Deus para nossas vidas, Jesus é glorificado.

  2. José Martins Diniz Ramalho disse:

    Não é só a Estátua de Sal que complica muitos estudiosos, mas também o desconhecimento total de Ló, das relações incestuosas com as filhas.
    Creio que esse versículo do incesto ilumina a Estátua de Sal, que se converteu a mulher de Ló. Ela morreu tal qual Adão e Eva, pela desobediência, a Carne continuou, agora com um Espírito e uma Alma semelhantes a uma estátua e uma campina de sal, concentrado de amargura e desolação, conforme confessou as filhas,” nem um homem normal se aproximará de nós.” A mulher de Ló, ainda se deitava com ele e foi por isso que ele foi enganado pelas filhas.
    Este parágrafo não condiz com a realidade “E foi assim que o Eterno fez com a mulher de Ló, usou fogo e sal, com uma estátua de sal, para que as raízes daquelas abominações pecaminosas fossem salgadas e queimadas, para que nunca mais crescessem no coração humano.”
    A realidade porém mostra, que com toda amargura e desolação, Sodoma e Gomorra perpetuou, e isso só foi possível por que a mulher de Ló olhou para traz e com amargura e desolação perpetuou a tragédia. Há ou não possibilidade?