Gênesis Israel Silva

E FEZ DEUS SEPARAÇÃO ENTRE A LUZ E AS TREVAS

E FEZ DEUS SEPARAÇÃO ENTRE A LUZ E AS TREVAS

Gênesis é o livro do princípio. Deus está em Sua obra criadora. Fez o céu, fez a terra. Porém o texto nos informa que havia uma certa “mistura” no estado primordial da terra. Ao menos parece que tudo estava repleto de água, e “o Espírito de Deus pairava sobre a face das águas“.

Deus ainda não havia estabelecido os limites, a separação que fez possível haver céu, terra e mar. E é justamente dessa separação que os versos seguintes se dedicam a mostrar.

Também havia uma certa “confusão” entre a luz e a escuridão, de forma que a luz não podia ser notada, pois “havia trevas sobre a face do abismo“. A escuridão permaneceu até que disse Deus, “haja luz“. Mas veja que para que a luz realmente “fosse luz”, houve a necessidade de separá-la das trevas.

e fez Deus separação entre a luz e as trevas
Gênesis 1:4

gênesis 1:4 em hebraico

A raiz BDL, em Hebraico, significa separar. Santidade significa ser separado.


O CAPÍTULO DAS SEPARAÇÕES

O Gênesis relata a criação, mas há uma ênfase, sem dúvida, na separação dos elementos criados. No verso 4 Deus separa a luz das trevas; no verso 6 há a separação entre as águas de cima e as de baixo, com a consequente separação entre terra e céu, no verso 9 há separação entre a terra seca (os continentes) e os mares; no verso 11 os vegetais foram separados em espécies;

No verso 18 os luminares são postos no céu para separar o dia da noite; nos versos 21 e 24 há separação dos seres vivos (animais, aves, peixes e répteis), cada um segundo a sua espécie; no verso 26 Deus cria o homem segunda a Sua imagem, para separá-lo dos animais comuns.

O ESTABELECENDO LIMITES

Podemos ver até aqui, o estabelecimento de separações, que na verdade são limites. Deus põe limite até onde o mar poderia ir, para não alagar a terra. Põe também limite na duração do dia e da noite, e assim por diante. Fica claro que o Eterno está colocando limites na criação, estabelecendo fronteiras, onde cada “elemento” ou ser criado deveria respeitar.

E essas separações tem função didática, para mostrar ao homem, mesmo antes de ser criado, que Adão não poderia fazer tudo o que quisesse. Deus deu limites aos elementos da natureza, aos corpos celestes, aos vegetais, aos animais e também ao ser humano.

E os limites que são postos ao ser humano, são expressados na Palavra de Deus por meio de mandamentos, estatutos e ordenanças. Veja que Adão não ficou sem mandamento:

E ordenou o Senhor Deus ao homem, dizendo: De toda a árvore do jardim comerás livremente,
Mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dela não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás.
Gênesis 2:16,17

O ser humano, a sociedade em geral precisa de limites. Se há algo que tem um potencial terrível para destruir uma sociedade, é a falta de limites. Uma criança que é (des)educada sem o estabelecimento de limites, fazendo tudo o que quer, tem uma chance enorme de se tornar um adulto mimado, arrogante e agressivo.

Muitos acabam na criminalidade. Exemplos não faltam!

Imagine uma sociedade onde não há respeito aos direitos de cada pessoa como indivíduo. Retiram a separação feita por Deus. Não querem que haja mais homem e mulher, menino e menina, ser humano com animal. Querem confundir tudo, misturar, sexualizar, causando graves problemas de identidade.

Mas Bíblia é categórica ao descrever que uma das primeiras coisas que o Eterno fez na criação, foi o estabelecimento de limites, por meio da separação. Homem é homem; animal é animal.

Há homem e há mulher. Há menino e há menina! Há luz e há trevas. Há os que são de Deus e respeitam os limites por Ele estabelecidos, porém há os que não são.

SEPARAÇÃO E SANTIDADE

Lendo o capítulo 1 do Gênesis, de uma forma mais atenciosa, é possível notar que a palavra “separar” se repete ao longo dos versos.  Em Hebraico, “separar” vem da raiz בָּדַלbadal“, e é usada de diversas formas nesse capítulo. Esta palavra tem uma conexão direta com o termo “santidade“.

É por isso, quando do estabelecimento da diferença entre o “santo” e o “profano”, entre o que é consagrado ao Senhor, e o que é “comum”, a raiz  בָּדַלbadal” foi utilizada. Santo, portanto, é aquele que possui limites.

E para fazer diferença entre o santo e o profano
Levítico 10:10

levítico 10:10 em hebraico, separação entre o santo e o profano

A SEPARAÇÃO ENTRE O CÉU E A TERRA

Como pudemos ver, quando Deus fez uma expansão no meio das águas, e separou as águas de baixo das de cima, acabou por fazer também uma separação entre o céu e a terra.

Se no nível peshat (o nível literal), foi a criação do céu; no nível sod (o nível do segredo), isso significou dizer que foi estabelecida uma separação entre o domínio divino (o céu), e o domínio humano (a terra).

Os céus são os céus do Senhor; mas a terra a deu aos filhos dos homens.
Salmos 115:16

Por isso, Deus está em um nível de santidade (separação) que ao homem é impossível acessar. Alias, o homem pode acessar o local da habitação divina, mas somente e por meio da oração. E ainda assim, a oração tem que ser conduzida até lá por meio de um intermediário.

Ninguém pode acessar o céu, a não ser através daquele que veio do céu e para lá voltou. Há um limite estabelecido, e é necessário um intercessor.

Ora, ninguém subiu ao céu, senão o que desceu do céu, o Filho do homem, que está no céu.
João 3:13

Venha estudar o Hebraico conosco!

Sobre o autor | Website

Formado em Hebraico Bíblico, Geografia Bíblica, Novo Testamento, e Estudos do Apocalipse; é Especialista em Estudos da Bíblia, certificado pelo Institute of Biblical Studies da Universidade Hebraica de Jerusalém.

Receba Estudos Bíblicos Diretamente no Seu Email! É Grátis!

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

1 Comentário

  1. lucas disse:

    na minha opnião, Deus deu o poder ao homem da luz e das trevas, cada nivel de sua vida você sabera como utliza cada um, tem momentos da nossa vida que precisamos agir com raiva, tristeza etc que faz parte das trevas , e temos momentos que temos que agi com luz que é amor,felicidade, etc, o mundo é o equilibrio dos 2, quem não equilibra isto dentro de si, estará sempre em guerra